Notícias

Empresas de ônibus apoiam movimento de conscientização no trânsito

3 de Maio de 2017

As empresas de transporte público de Petrópolis aderiram à campanha Maio Amarelo. Toda a frota que circula na cidade, ou seja, cerca de 400 ônibus, foi adesivada com o laço amarelo que representa o movimento. A campanha vai acontecer durante todo o mês de maio. A iniciativa tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

A Turb Petrópolis iniciou o mês iluminando a garagem que fica na Rodovia BR-040 com a cor amarela. A empresa também vai promover uma palestra na próxima segunda-feira (8) com apoio da prefeitura para falar sobre o movimento para os colaboradores.

Segundo o diretor Jean Moraes, a empresa sempre investe em qualificação e conscientização dos profissionais e no mês de maio o foco é a segurança no trânsito. “Queremos dar destaque para o movimento Maio Amarelo, porque entendemos que o transporte coletivo é um grande agente do trânsito”, explicou.

A empresa Cidade Real também apoia o movimento e para alcançar um número maior de pessoas fixou cartazes de conscientização nos Terminais do Centro e do Bingen.
Além da Turb e da Cidade Real, a Petro Ita, Viação Cascatinha e Cidade das Hortênsias já estão com frota circulando com os laços amarelos, busdoor e cartazes com a programação.

Para o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro) o movimento traz à tona um tema importante e sério, que deve ser tratado não apenas no mês de Maio, mas durante o ano todo.

“As empresas fazem a sua parte investindo em treinamento e enfatizando a direção defensiva para evitar acidentes de trânsito. Os motoristas são capacitados e orientados com este objetivo”, comentou Carla Rivetti, gerente de planejamento estratégico do Setranspetro.

Um levantamento da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) mostra que em 2016 foram registrados 1.797 acidentes ao longo do ano.

“Os dados preocupam e precisam de ações.Para estar ao volante é preciso cuidado, atenção, respeito com o próximo. Despertar essa consciência na população é um grande desafio”, concluiu o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Foto: Setranspetro